Melhores Creatinas

A melhor creatina é um suplemento bem conhecido no meio fitness. Ela tem sido utilizada principalmente pelas pessoas que desejam melhorar sua performance durante os treinos. Vários atletas esportivos, inclusive, fazem uso deste produto.

Confira abaixo as principais informações sobre estes suplemento.

Melhores Creatinas 2020

ImagemCreatinaDescriçãoMelhor Preço
Cretina Universal Nutrition1. Creatina Universal NutritionMelhor CreatinaCompre na Amazon
On Creatina Powder Black Line2. On Creatina Powder Black LineMelhor Creatina Custo BenefícioCompre na Amazon
Dymatize Nutrition Creatina Micronizada3. Dymatize Nutrition Creatina MicronizadaBoa Creatina como Suplemento AlimentarR$ 85,44 na Amazon
Creatina Integralmédica4. Creatina IntegralmédicaCreatina Boa e Barata39% OFFR$ 20,90 na Amazon
Creatina Probiótica5. Creatina ProbióticaMelhor Creatina para AtletasR$ 154,00 na Amazon

O que é a creatina?

A creatina é um aminoácido que tanto pode ser sintetizada pelo organismo humano a partir de três outros aminoácidos (glicina, arginina e metionina) como também adquirida através da dieta, principalmente pela ingestão de carne vermelha.

No organismo ela é armazenada dentro das fibras musculares, no cérebro e em demais órgãos em menores quantidade.

Entretanto, a capacidade produtiva de nosso corpo é bem pequena, cerca de 1 g por dia. E a quantidade de creatina absorvida através da alimentação também não é muito significativa.

Deste modo, devido aos benefícios que esta substância traz ao organismo, sobretudo para as pessoas que realizam atividades físicas de grande intensidade, recomenda-se a suplementação deste composto para a obtenção de mais energia e força durante os treinos.

A creatina é uma grande conhecida das pessoas que praticam musculação, visto é a maior concentração desta substância em nosso organismo encontra-se justamente na musculatura esquelética, que são justamente os músculos exercitados durante a prática de atividades físicas.

Porém, a quantidade desta substância é influenciada pelos seguintes fatores:

  • Preparo físico da pessoa;
  • Quantidade ingerida na dieta;
  • Idade;
  • Níveis hormonais.

Para que serve?

A creatina é uma substância de grande importância no processo de produção de energia utilizada para abastecer as células musculares. Sendo assim, o intuito da suplementação com creatina é a maximizar as funções realizadas pelas células musculares, isto é, aumentar a força dos músculos.

A suplementação com creatina influencia também a processo de produção de fatores miogênicos regulatórios, aumentando assim a eficiência da síntese de proteínas.

Confira agora 8 benefícios da creatina para seu organismo

Veja a seguir quais são os principais benefícios obtidos através da suplementação com creatina.

  1. Melhoria no processo de recuperação muscular;
  2. Melhoria da saúde óssea.
  3. Aumento de força;
  4. Absorção de aminoácidos de alto valor biológico;
  5. Melhoria da performance durante a realização dos treinos;
  6. Diminuição da fadiga muscular;
  7. Manutenção e aumento da massa magra.
creatina por que usar

Como tomar Creatina?

A ingestão deste suplemento deve ser realizada durante uma refeição, ou então conjuntamente com alimentos fontes de carboidratos e de algumas proteínas capazes de estimular a liberação de insulina pelo pâncreas.

Vale ressaltar que seu consumo deve ser diário, independente de ser dia de treino ou não ou ainda ser final de semana.

O objetivo principal da creatina, conforme mencionado anteriormente é o de aumentar a força capaz de ser realizada pelo indivíduo.

Confira abaixo um vídeo do Victor Lelis onde ele aborda de forma mais aprofundada sobre como tomar corretamente creatina:

Quanto tomar de Creatina?

De acordo com a Growth Suplementos, o ideal é consumir 3g de creatina por dia, entretanto diversas fontes recomendam o consumo de ao menos 5g diárias.

No que se refere ao período, de modo geral, a suplementação com esta substância antes do treino tende a favorecer a hipertrofia muscular, enquanto que no pós-treino o intuito é o de recuperação muscular.

De modo geral, o consumo pós-treino é recomendado para as pessoas que realizam duas ou mais sessões de treino diárias.

Por quanto tempo tomar Creatina?

Antes acreditava-se que a creatina não poderia ser utilizada por longos períodos, por isso a suplementação só era recomendada por um período de no máximo 10 semanas.

Após este tempo deveria ser feito um intervalo de 2 a 3 semanas, para só depois voltar a consumi-la. Entretanto, pesquisas científicas revelaram que a creatina pode ser consumida por tempo indeterminado sem prejuízos ao organismo.

Quem pode tomar Creatina?

Todas as pessoas podem fazer suplementação com a creatina, inclusive iniciantes.

Porém, deve-se ter em mente que a função desta substância é, principalmente, potencializar o desempenho do indivíduo e para os iniciantes isto não é tão necessário visto que eles tendem a fazer treinos de melhor intensidade inicialmente.

Deste modo, apesar de estar disponível a todas as pessoas ela é indicada para as pessoas que já estão treinando a um certo tempo.

Qual a melhor Creatina?

Este é o suplemento mais pesquisado na área de suplementação esportiva. E apesar de existirem atualmente diversas formulações contendo esta substância, a fórmula mais utilizada é com toda a certeza a creatina monohidratada.

Melhores Suplementos de Creatina do Mercado em 2020

Atualmente a melhor alternativa para a suplementação de creatina tem sido a Creatina Universal Nutrition. Confira abaixo as 5 melhores creatinas do mercado deste ano.

  • Creatina Universal Nutrition
  • On Creatina Powder Black Line
  • Dymatize Nutrition Creatina Micronizada
  • Creatina Integralmédica
  • Creatina Probiótica

Concorrência

E além dos modelos citados acima, não podemos deixar de citar estes aqui que, apesar de serem tão bons quanto os demais, são um pouco mais difíceis de serem encontrados no mercado brasileiro.

  • Creatina Creapure – Growth Supplements.
  • Creactor – MuscleTech.
  • Crea Star – Scitec Nutrition.
  • TriCreatine – LivelLong Nutrition.
  • Creatine Decanate – MuscleMeds.
  • Creatine Plasma – VPX Sports.

Principais combinações suplementares envolvendo creatina

A creatina tem sido bastante utilizada em combinação com outros suplementos, a fim de potencializar o feitos destes.

As principais combinações realizadas com a creatina são as seguintes:

  • creatina com beta-alanina;
  • creatina com ômega-3;
  • creatina com whey protein;
  • creatina com bcaa;
  • creatina com 1-carnitina.

As duas últimas combinações são indicadas principalmente para as pessoas que realizam treinos mais longos, tais como o endurance.

Como acelerar os efeitos da creatina?

De maneira geral os efeitos obtidos através da suplementação com creatina levam em média de 7 a 21 dias, isto porque ela só começa a fazer efeito quando a creatina consegue ocupar todo o espaço disponível no interior da célula muscular.

Porém, algumas pessoas a fim de acelerar este processo realizam o que chamamos de fase de saturação, fase esta que consiste na ingestão de uma maior quantidade de creatina durante a primeira semana, e depois deste período inicia-se a ingestão da quantidade normal.

A estratégia visa realizar a saturação do espaço celular ocupado pela creatina e para tanto deve-se consumir 4x a quantidade de creatina recomendada, ou seja, de 12 a 20 g ao dia. Esta quantidade deverá ser dividida em 4 porções de igual quantidade e serem consumidas ao longo do dia.

Após este período de uma semana, a quantidade a ser consumida é reduzida para apenas uma porção diária de 3 a 5g.

Apesar de ter uma certa lógica, algumas pessoas acreditam que a fase de saturação não é de necessária.

Precauções

O consumo da creatina era antigamente, era realizado de maneira cautelosa visto que muitas pessoas acreditam que tal substância seria capaz de sobrecarregar os rins. E as pessoas que realizavam uma suplementação com este, aumentavam a quantidade de ingestão de água diária.

Hoje sabe-se que uma boa hidratação é fundamental para o bom funcionamento do organismo, independentemente de suplementação, sendo assim, sugere-se a ingestão de pelo menos 35 ml de água por quilo corporal.

Interação da creatina com a cafeína

Estudo tem demonstrado que há interação negativa entre a suplementação com creatina e com a cafeína ao mesmo tempo. De acordo com especialistas, doses acima de 2 mg de cafeína por peso corporal, estimulam a excreção de creatina armazenada. Deste modo, os benefícios obtidos através desta passam a ser reduzidos.

Por este motivo desaconselha-se a suplementação com creatina e cafeína ao mesmo tempo.

Estudos mostraram que atletas submetidos a suplementação com a creatina ganham aumento de sua força muscular, aumento de massa muscular e também redução da fadiga pós-treino.

Dúvidas frequentes

Confira a seguir as principais dúvidas que surgem sobre este suplemento.

1) Creatina engorda?

Não. Pode-se dizer que ela não engorda nem emagrece. A sua principal função é a gerar energia ao organismo a fim de aumentar o desempenha muscular durante a prática de atividades físicas.

Entretanto, o armazenamento da creatina se dá dentro do sarcoplasma celular, que é o compartimento destinado ao armazenamento da energia das celulares musculares (glicogênio). Como o glicogênio é um carboidrato e este possui uma grande afinidade com a água, a suplementação com a creatina poderá favorecer o processo de retenção de líquidos no interior das células, dando a falsa impressão de ganho de peso corporal.

2) Mulheres podem consumir creatina?

Sim. Durante muito tempo, a indicação da suplementação com creatina era feita somente para os homens. Pesquisas demonstraram porém que, que este aminoácido pode ser utilizado tanto pelos homens quanto pelas mulheres, nãosendo observado efeitos colaterais e/ou contraindicações, para quais sexo.

Em cinco semanas de suplementação via oral, já é possível observar o aumento de força nos membros superiores dos atletas.

3) Creatina é bom para pessoas veganas e vegetarianas?

Sim, a suplementação com creatina não só pode como deve ser realizada por pessoas veganas ou vegetariana. Isto porque a creatina trata-se de um aminoácido de alto valor biológico, importantíssimo para o bom funcionamento do organismo. E sabe-se que pessoas adeptas a dietas com restrição na ingestão de proteínas tem sérios problemas em manter o nível ideal destas substâncias no organismo. Deste modo, recomenda-se a utilização de creatina a estas.

4) Creatina é bom para idosos?

Sim. Diversos estudos tem sugerido que este peptídeo é capaz de trazer melhorias à saúde bem como prevenir doenças, como o Mal de Parkinson e o Mal de Alzheimer. Por este motivo, o seu uso de sido recomendado para pessoas idosas, visto que a suplementação com esta substância não traz nenhum efeito colateral e/ou contraindicação à saúde.

Consideração finais

Lembre-se sempre de que a saúde vem sempre em primeiro lugar, portanto não abuse.

A creatina é de fato a campeã em utilização no momento, portanto, seu uso tem aumentado consideravelmente, principalmente entre o público masculino. Se quiser conferir alguns outros modelos de creatina, recomendo que leia esse artigo do Treino Mestre.

Porém, para obter demais informações a respeito deste produto, busca orientação com médico ou nutricionista, de preferência especializados em nutrição esportiva. Eles saberão orientá-lo da melhor forma possível. Jamais inicie a suplementação com creatina ou outro produto, sem orientação ou por conta própria.

Para uma suplementação mais completa e obter resultados mais eficazes, recomendamos que dê uma lida em nosso artigo dos melhores BCAAs e melhores whey proteins.

Sobre o Autor: Giordano Pydd Berwanger

Sou um estudante de Engenharia de Computação que iniciou no mundo da musculação e academia a uns anos atrás e que já tem uma boa bagagem acompanhando vários esportes desde pequeno, estou aqui para aprender e também compartilhar com vocês várias coisas que aprendi nesses últimos anos.

Deixe um comentário