Vitamina D: Benefícios, Fontes e Principais Suplementos

A vitamina D ajuda o organismo a manter em equilíbrio os níveis de minerais, sendo portanto de extrema importância para o nosso organismo.

Todavia, o termo hormônio parece ser uma expressão errônea, em vista que a vitamina D atua principalmente sobre mecanismos celulares, enquanto um hormônio consiste em uma substância produzida por glândulas ou neurônios específicos, atuam também sobre mecanismos fisiológicos bastante específicos.

O fato é que a vitamina D é importante para a regulação de inúmeros processos bioquímicos e fisiológicos, e sua deficiência no organismo pode causar diversos prejuízos, bem como quadros patológicos bem importantes. Entre as patologias e quadros patológicos associadas ao déficit de vitamina D destacam-se as seguintes:

  • Asma
  • Diabetes mellitus tipo 1
  • Algumas doenças cardiovasculares
  • Dermatite atópica
  • Doença inflamatória intestinal
  • Artrite reumatoide
  • Hipomineralização óssea, quadro que pode causar osteoporose ou até mesmo raquitismo

Já foi proposto por alguns especialistas que a falta de vitamina D poderia estar associada a quadros psicopatológicos, especialmente a depressão e transtornos de ansiedade. No entanto, não há evidências suficientes para sustentar tal hipótese até o momento.

Como saber quando o corpo está precisando de vitamina D

Algumas reações fisiológicas nos ajudam a perceber necessidades que o nosso organismo apresenta. Sentimos sono e fadiga quando precisamos dormir para recuperar energias, bem como sede ao apresentar desidratação, fome quando o organismo precisa repor energias, e assim por diante.

Com relação a vitamina D, existem alguns sinais específicos que podem sinalizar sua deficiência.  Fadiga, indisposição, dores em articulações, fraqueza muscular, tremores, e até mesmo desorientação e arritmia podem indicar deficiência em vitamina D.

Como aumentar os níveis de vitamina D no organismo

A maneira mais fácil, barata e na grande maioria das vezes até mesmo prazerosa de aumentar os níveis de vitamina D em seu organismo é praticando alguma atividade sob exposição do Sol. Alguns alimentos também podem fornecer quantidades significativas de vitamina D, entre os quais destacam-se os seguintes:

  • Sardinha e atum em lata
  • Fígado de boi e fígado de galinha
  • Ovos
  • Iogurte natural
  • Queijo (especialmente queijo cheddar)
  • Manteiga
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Salmão
  • Ostras cruas

Cabe ainda ressaltar que, para que a exposição ao sol possa auxiliar na produção de vitamina D, é necessário que a exposição dure entre 15 e 20 minutos no mínimo, não sendo recomendado ficar exposto ao sol entre as 11 horas e as 14 horas. O uso de protetor solar é indispensável, principalmente por pessoas com a pele clara.

Já com relação à alimentação, é importante atentar-se ao modo de preparo dos alimentos. Isso porque certos modos de preparo podem dificultar a absorção de alguns nutrientes, prejudicando assim a estabilização dos níveis de vitamina D. Para resultados com maior eficácia, recomenda-se o acompanhamento de um Nutricionista ou algum especialista em culinária que permita lhe auxiliar a preparar os alimentos da melhor forma para a finalidade de interesse.

Pessoas que, mesmo após a exposição frequente do Sol e alimentação apropriada apresente os sintomas mencionados, devem buscar um especialista para avaliação. Em alguns casos, pode ser importante fazer a reposição de vitamina D através de suplementos.

Como saber se você precisa ou não fazer uso de suplementos estabilizar os níveis de vitamina D

Tudo que se refere à saúde é avaliado com base em frequência e intensidade. Ou seja, sintomas que aparecem apenas em momentos isolados ou em intensidades pouco significativas não necessitam da mesma atenção clínica que sintomas que estejam presentes em maior intensidade ou em frequência mais elevada (muitos dias em um mês e/ou muitas horas por dia).

Seguindo a convenção de frequência e intensidade, a pessoa deve conseguir avaliar se seus sintomas são preocupantes do ponto de vista clínico. Caso os sintomas estejam causando algum tipo de desconforto ou preocupação, a pessoa pode procurar suplementos de vitamina D. Contudo, é importante lembrar que o acompanhamento de um Médico ou profissional de saúde neste processo é de importância significativa.

Além de existirem diferentes suplementos no mercado, cada organismo possui suas necessidades e especificidades. Por isso é tão importante a orientação especializada. A seguir, apresentamos algumas opções de suplementos de vitamina D com eficácia comprovada.

Afinal, qual o melhor suplemento de vitamina D disponível no mercado?

É difícil falar em melhor suplemento de vitamina D de forma generalista. Isso porque existem diferentes critérios e diferentes necessidades entre os indivíduos. No entanto, a maior eficácia, o melhor custo-benefício e o menor número de efeitos colaterais são critérios importantes em se considerar quando o assunto é suplementação alimentar. Por isso, apresentamos neste artigo opções de suplementos com base nestes critérios.

Ranking: Qual o Melhor Suplemento de Vitamina D?

Suplemento de vitamina D

Melhor Custo Benefício

O melhor custo-benefício está no suplemento de vitamina D da Growth Supplements.  Por fornecer um suplemento direto de fábrica, isto é, sem lucro de revendedores e com redução significativa de impostos, a Growth Supplements consegue oferecer produtos com valor extremamente competitivo.

Compre na Growth por R$ 15,00

Suplemento de vitamina D

Melhor Eficácia

No que se refere à eficácia, por sua vez, o suplemento de vitamina D da Puriflora é um dos mais bem recomendados por especialistas.

Compre na Netshoes por R$ 46,80

Conclusão

Este artigo discutiu a importância da vitamina D para o nosso organismo. Conforme mencionado, a vitamina D regula processos bioquímicos e fisiológicos do organismo, de modo que a deficiência de tal vitamina pode causar sintomas clínicos importantes, dos quais se destacam a fraqueza muscular, o prejuízo na imunidade, o comprometimento ósseo e o risco aumentado para doenças cardiovasculares.

Existem diferentes opções de suplementos de vitamina D no mercado, e o uso de tais suplementos pode ser de extrema importância para a saúde do indivíduo. Tanto quem busca melhor custo-benefício quanto quem prioriza eficácia pode encontrar bons produtos no mercado, e neste artigo mencionamos dois exemplos bem aceitos no mercado. Contudo, é sempre importante lembrar que o uso de tais suplementos deve ser acompanhado por especialista de saúde para que sua eficácia possa ser significativamente maior, prevenindo possíveis efeitos colaterais.

Por fim, cabe mencionar que a vitamina D pode ser produzida naturalmente com a exposição contínua a luz solar. Igualmente, existem alimentos que fornecem vitamina D de forma satisfatória, majoritariamente alimentos de origem animal. Sendo assim, recomenda-se que se busque estabilizar os níveis de vitamina D naturalmente antes de optar por suplementação. Igualmente, é importante que os cuidados naturais possam ser adotados mesmo que o indivíduo passe a tomar suplementos, pois a combinação das fontes naturais com a suplementação adequada garante maior eficácia.

E você, sabia que a vitamina D é tão importante assim para o seu organismo? Então Compartilhe este texto com seus amigos, e deixe-os informados acerca da influência dessa vitamina em relação à nossa saúde!

Sobre o Autor: Elemar Berwanger

Deixe um comentário